Quinta-feira, 13 de Agosto de 2020
Notícias

Fernando Mota nos deixou nesta noite de 11 de Julho

Publicada em 12/07/20 às 22:33h - 31 visualizações

por Antônio Galdino


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Arq. da ALPA)

Faltava um minuto para meia noite do dia 11 de Julho de 2020 quando o Professor Francisco Araújo Filho, que foi o primeiro presidente da Academia de Letras de Paulo Afonso – ALPA, comunicou o falecimento do também acadêmico da ALPA, Fernando Lucas Pessoa Mota.

Acometido de chicugúnia, Fernando Mota foi conduzido às pressas ao Hospital Nair Alves de Souza na noite de 11 de Julho de 2020 mas entrou no estado de Sepse e veio a óbito.

Fernando Mota nasceu em Tefé, no Amazonas em 26 de outubro de 1946, filho do Sr. Benício Mota e da Sra, Alice Pessoa Mota e mora em Paulo Afonso há muitos anos.

Sempre muito dedicado à natureza, produziu muitos poemas, especialmente os acrósticos através dos quais homenageava pessoas e destacava elementos da natureza.

Na ALPA, era Membro Efetivo e ocupava a cadeira 16, tem como patrono o poeta baiano Gregório de Matos Guerra.

Muito abalados com essa notícia, lamentamos que em face das restrições e dos protocolos existentes a ALPA não pode homenagear publicamente o seu membro acadêmico imortal das nossas letras.

Em nome de todos que fazem a Academia de Letras abraçamos aos familiares e amigos e rogamos ao Pai Celestial que o Espírito Santo consolador esteja com cada um e com todos nós da ALPA nesse momento de tristeza e de dor.

Antônio Galdino da Silva

Presidente da ALPA




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75) 9234-1740

Copyright (c) 2020 - LETRAS SERTANEJAS